sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Alta infidelidade - parte II

Quando a gente pensa que já cometeu todas as loucuras do mundo e que não temos mais idade pra certas coisas... Vocês lembram do papo com a Soninha, né? Ela continua lá, remoendo seus botões de indecisões – tem até muitas novidades pra contar, mas essa também fica pra próxima. Lembram daquela amiga da Bia e da Sophia, que tava decidida a viajar pra encontrar seu mais novo amante virtual? Pois é, ela foi. E é ela mesma quem relata aqui uma das sete horas mais longas da sua vida, que antecederam o “crime”.

Ah, e antes que alguém possa torcer o nariz, achando que estamos fazendo apologia ao adultério, ao sexo virtual, ou a qualquer coisa do gênero, vamos logo explicando que longe de nós fazer qualquer julgamento de valor. Estamos apenas reproduzindo aqui o e-mail enviado por ela (e por motivos óbvios, nem pseudônimo ela vai ganhar aqui).

Lá vai:

“Pois é, amigas, preciso contar...
Sei que foi mais um grande surto. Mas que surtada boa!

Num impulso eloqüente entrei no táxi e me dirigi à rodoviária. A passagem já estava comprada, apesar de isso não significar muita coisa, pois tinha esperança de amarelar, cair em sã consciência antes do dia marcado.
Lá fui eu, olhos arregalados dentro do ônibus que me levaria para outra cidade (que não conheço) encontrar alguém (que também não conhecia).
[Não conhecia fisicamente, pois na teoria parecia ser o homem da minha vida. Papo de adolescente apaixonada, né?]
Pois então, foram cinco horas dentro de um ônibus. A cada parada me dava vontade de voltar. Uma voz interna e insistente que me acompanhou a viagem inteira pedia volta, volta... você está doida... Essa boa voz que vou batizá-la de RAZÃO brigava o tempo todo com outra que batizei de EMOÇÃO, e que insistia em que eu ficasse ali quietinha aguardando o meu destino.
O que será que vou encontrar?
Um doido tarado que vai me matar. Esfaquear-me, cortar-me aos pedaços e guardar o corpo debaixo da cama ou então me jogar em um penhasco... Ai meu Deus, o que será que estou fazendo aqui?
O que vai pensar minha família, quando derem conta do grau da minha loucura? Que exemplo estou dando pra minha filha adolescente? Cair no conto de um maluco na internet e morrer por causa disso...
Bem, seja lá o que vai acontecer, estou aqui. Sentada no ônibus esperando meu destino.
E se for tudo ao contrário? Em vez de um matador tarado... um príncipe encantado que vai me enlouquecer de tesão, me falar de coisas boas e bonitas, me beijar até o dia clarear, me amar e me dar muito carinho e prazer... Prefiro pensar nessa versão.
Mas e se ele forjou as fotos e eu der de cara com um homem vesgo, manco, feio, desdentado, gordo e careca... Um homem bem repugnante. O que faço? Saio correndo? Digo que eu não sou eu? Pra onde correr se não conheço a cidade? O que fazer?!?
E se ele for tudo de bom e me achar feia, velha, esquisita... Onde vou enfiar minha cara? Recolho minha feiúra dentro da mala e volto para o ônibus?
Que loucura! O que faz uma mulher com seus quase 40 anos viver uma aventura dessas? Por que não segui os conselhos de minhas amigas? Ir para as baladas por aqui mesmo em minha cidade, encontrar um gatinho, levar pra cama e no dia seguinte tudo azul... tudo lindo... Mas não, comigo tinha que ser diferente! Tinha que ter algum grau de complicação – se não, não seria eu.
Olho pela janela e reconheço que já estou em outro estado. Em um momento de ápice nervoso, levanto da cadeira e grito ao motorista que pare o ônibus que eu quero descer. Todos olham para mim com aquela cara de Qual é a sua, tia? Vai atrapalhar a viagem? Será que fiz mesmo isso ou foi só impulso da minha consciência doentia? Acho que foi só pensamento, pois o ônibus não parou.
Com os olhos mais arregalados que nunca, lá fui eu tentando reconhecer os caminhos que me levavam ao desconhecido.
Cheguei na rodoviária. Uma cidade estranha, com gente esquisita. Acho que todos me olhavam... Olha a louca carioca que veio atrás de um grande amor. Hahahahaha.
Ainda tenho alguns minutos, pois falei para o dito cujo que chegaria uma hora depois, no caso de eu cair na real. Fiquei ali, quieta, sentadinha entre viajantes e loucos varridos. Estava me sentindo a própria, perdida nos meus pensamentos de sonhos e medos... quando o celular tocou. Era ele perguntando onde eu estava, se eu já estava chegando. Fiquei calada sem saber o que responder... quando ouvi minha voz falando calmamente que eu já estava aqui.
Ouvi do outro lado uma risada... e um elogio que me bambeou as pernas.
- Você é linda.
Ele estava do meu lado.
Exatamente como eu imaginava, como eu sonhava... como eu queria que fosse. Não deu tempo de falar “oi”. Me agarrou pela cintura e me tirou o ar com um beijo maravilhoso...

Bem. Como eu estava falando no início, foi a surtada mais gostosa e emocionante da minha vida. Mas não aconselho meninas “normais” a tal aventura.”



Nota das Blogueiras:
Rola na próxima segunda-feira, 6 de agosto, o I Encontro BLS. Para Blogueiros, Leitores e Simpatizantes. Organizado pelo Beto Largman, o objetivo é que o evento seja um fórum livre de idéias entre pessoas que, de uma maneira ou de outra, estejam ligadas ao tema. Entre os convidados, Alexandre Inagaki (Agência Riot), que falará sobre blogs e marketing viral; Paulo Mussoi (coordenador dos blogs do Globo Online) vai mostrar a visão de uma grande empresa de comunicação sobre os blogs; Carlos Cardoso que vive exclusivamente do seu blog, um problogger; Fabio Seixas (analista de sistemas, sócio-fundador do Camiseteria.com e diretor de marketing do WeShow.com) vai detalhar como é possível rentabilizar um blog e Alessandro Barbosa Lima (a confirmar), diretor do E.life, explicará como funciona a monitoração do boca-a-boca na web. A entrada é franca, mas os lugares obviamente são limitados (cerca de 120). Claro que a gente vai estar lá.

Quando: 06/08 a partir das 19h
Onde: Armazém Digital – Shopping Rio Design/Leblon
Avenida Ataulfo de Paiva, 270 - Loja 104

23 comentários:

  1. Que coragem, moça!!!

    Bem vinda ao clube daqueles que compreenderam que, ao contrário de tudo aquilo que nos foi ensinado, vivemos na maior parte do tempo movidos pelo desejo e não pela razão. O desejo é que nos faz ir além, querer mais, não se conformar, desafinar o coro dos contentes até encontrar a nossa própria voz na multidão.
    Um beijo e que legal que tudo foi bem na sua história.

    André Dias.

    ResponderExcluir
  2. Ai graças a Deus correu tudo bem nessa aventura.
    Confesso q tenho muito receio desses encontros virtuais. Nunca vivi isso. Isto é, c desconhecidos não. Ms c conhecidos (geralmente ex ficantes-namorados) ja. E vou te dizer: foi bom demais. Senti uma emoçao sexual nunca experimentada antes kkkkkkkkkkkk Sério! Uma delicia de tesao!

    Ms q bom q essa amiga de vcs (Bia e Sofia) se deu bem e viveu uma grande emoçao. Coisas q só o CORAÇÃO nos permite. A RAZAO é uma mae-chata q vive nos perturbando, mas como uma mae mesmo, algumas vezes ela está certa.

    Ms poxa, queremos saber mais detalhes. E depois do gde bjo na rodoviaria, como foi?

    bjos meninas!

    ResponderExcluir
  3. Bia e Sofia,

    Quais são as regras desse mundo virtual? Definitivamente, acho q ele não me pertence. Não é pra mim essa joça.

    Há muito tempo q venho dando um iceberg/gelo em um ex q tenho cadastrado no msn. Gelo p mim ne? Pq ele c certeza ta cagando p isso... na verdade, não é q ele me chame e eu nao responda (esse sim seria um big iceberg/gelo, ms conhecido como: deixar no vácuo. É que no começo em q nos cadastramos um no msn do outro, conversávamos bastante. Ms do nada, o imbecil começou a falar comigo MONOSILABICAMENTE. Ñ fode ne? Entao, resolvi dar o tal iceberg nele. Nunca mais o chamei pelo danado do msn. Ainda consegui a façanha de nem dar parabéns ao indivíduo no niver dele. foi uma glória p mim hehehehehehehehh.......Acho q desde q nos conhecemos, mesmo antes da era virtual, foi a primeira vez q nao desejei FELIZ NIVER à figura.

    Hj resolvi (após longo período de desprezo, juro!) desejar boa sorte pois soube q ele ia começar um novo trabalho. Vcs acreditam q nem um OBRIGADO o idiota respondeu? Tudo bem, ele estava como AUSENTE e eu tb. Ms e daí? O babaca sabe q vou ler qnd eu "chegar"... Depois ele ficou como "ocupado" e depois "online"...e nem um VALEU...AI Q ÓDIOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!

    Aí q entra minha duvida: pessoalmente o babaca agiria assim tb? me desprezando? Falo isso pq eu mesma fico sempre "ausente" pq n tenho saco p responder à alguns pélas-saco...Ms pessoalmente seria atenciosa (c alguns, claro!)...

    Viram? esse mundo virtual está me endoidando... Ms pensando bem, esse tal babaca ex, morreu p mim tanto no mundo virtual qto no real...ah n ser q venha, quem sabe um dia, puxar papo comigo ihihihi no virtual ou no real... ms vai rolar um "doce" da minha parte sem dúvida. Cara babaca e escroto, eu hein...kkkkkkkkkkkkk

    E como disse CLAUDINHA: os babacas q puxam papam c a gente virtualmente a gente n ta nem aí. Até o mundo virtual está TODO ERRADO né? Pq será? rs rs rs

    bjos meninas!

    ResponderExcluir
  4. Acho que eu, mesmo sendo jovem, adolescente, não teria essa coragem! As mulheres de 30 e poucos anos que eu conheço ou pelo menos tenho notícias, são mulheres que já não se permitem viver esse tipo de aventura por achar ridículo, por achar que já não têm idade pra isso... Grande bobagem e essa história deixa bem claro que "se jogar" de vez em quando é ótimo! Como conseguir vestir uma calça que você comprou aos 20!!!
    Parabéns Bia e Sophia, o blog é muito bom, feminino, inteligente e engraçado como poucos! Indicação do meu professor André Dias!!!

    ResponderExcluir
  5. Ah esqueci de contar: ja tinha colocado o figura em "outros contatos" no msn ahahhahhah ms depois de algum tempo, n aguentei e coloquei em "amigos" de novo rs rs...

    E vcs nao sabem: ele respondeu c uma "mensagem instantanea": "brigadão catarina".
    Grande merda né? kkkkkkkkkk Ms a besta aqui ficou toda boba... Mulher é bicho bobo ate no mundo virtual...

    ResponderExcluir
  6. Adorei a aventura!! Que coragem! Ainda bem que nossa heroína foi até o final e voltou salva para casa! Deve ter sido uma delícia!

    Meninas, estarei com vcs no encontro dos blogueiros! Afinal, de contas tambem sou blogueira e trabalho numa empresa 100% web!

    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Baita coragem!!!! Mas o que seria da vida sem umas aventuras de vez em qdo?!?!?!

    ResponderExcluir
  8. Katia Flavia, Godiva de Irajá7 de agosto de 2007 13:25

    E os detalhes mais picantes desse encontro? Pô, terminou a história num beijo? Me lembrou até filme dos anos 50 em que o final feliz sempre era coroado com o primeiro beijo!! Parou por quê? Por que parou? kkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!

    Catarina, que é isso! Deixa esse rapaz pra lá, o legal é gostar de quem gosta da gente!

    ResponderExcluir
  9. Foi muito bom conhecer vocês no evento. Parabéns pelo blog de vocês.

    Detalhe: acho que conheço esta Sumeriana...

    Grande abraço,
    Paulo Rodrigo Teixeira

    ResponderExcluir
  10. Oi Isadora,
    Também estamos curiosíssimas pra saber o final dessa história. Quer dizer, eu até sei, mas só posso divulgar com autorizações expressas. Se é que posso adiantar alguma coisa: ela jura que foi maravilhoso e que eles estão apaixonadíssimos. Mas claro que a dúvida, irmã da razão e inimiga da emoção, agora está infernizando a vida da nossa amiga. Aguardemos, pois, as cenas dos próximos capítulos.

    Catarina,
    Você com certeza já colocou a figura nos “outros contatos” do msn, né? No mais, só posso dizer que esse mundinho virtual tem certas regras que eu ainda desconheço. Tipo: quando você entra e ele já está online, faz parte da “netiqueta” cumprimentar? Dizer um “oi, tudo bem?”. O que você acha, Sophia?

    Danielle,
    Melhor do que vestir uma calça jeans que você comprou aos 20, só mesmo vestir um jeans depois que você pariu. Quem já teve filhos, sabe bem qual é a sensação. Mas é isso aí, se “jogar” de vez em quando é absolutamente necessário.

    Valeu, André, pelas indicações!

    Ah, sim, Catarina: pior que uma mensagem de “brigadão” é um torpedo com um “ok, bjs”. Essa é de matar! E eu confesso que já recebi um.

    Kátia Flavia,
    Posso te garantir que até pra quem usa um Exocet, o final dessa história não tem nada de anos 50! Esse foi apenas um teaser para os próximos capítulos.

    Pois é Paulo,
    Com certeza, você conhece a Sumeriana. Que bom que você gostou do blog. Também adoramos o seu!

    ResponderExcluir
  11. Isadora,

    onde estão os comentários XXX-Rated??? Eu como membro ativo, ops....... participante masculino deste blog gostaria de aprender os segredos de conquista deste Giacomo Casanova cibernético!!!

    E mais uma vez, parabéns!!!! Mesmo sendo uma aventura louca e um pouco perigosa temos que correr certos riscos para nos sentirmos vivos!!!!

    Bjos nas meninas e abs nos meninos

    ResponderExcluir
  12. Bia,
    Como a gente aprende neste blog! Há bem pouco tempo eu nem sabia como classificar os meus contatos no MSN. A Catarina me deu uma ótima sugestão!!! É uma boa ferramenta pra gente lembrar quem é quem, né? rs
    Quanto a sua pergunta,sim. Meninas, existe sim uma "netiqueta”. Quem chega depois e está on line, deve cumprimentar,deve dizer um oi. Mas se você quer somente observar, entra logo offline. Assim você escolhe com quem falar!

    Aviso aos nossos leitores: logo, logo tem post novo aqui! acompanhem. E, por favor, cadastre seu email no RSS. Assim vocês recebem as atualizações!

    beijos,
    Sophia.

    ResponderExcluir
  13. Fala tchuca Katia Flavia do Irajá!

    Concordo c vc: legal é gostar de quem gosta da gente. Já diz o ditado "Não trate com prioridade, quem te trata como opção."
    Porém, é fácil falar, difícil é praticar. A razão sabe q isso q vc falou é o certo, ms e nosso coração vadio rs rs ? Ms fica tranquila, o carinha foi só uma paixonite de adolescente. E o q sinto por ele é o mesmo q sinto por algumas ex-paixoes: saca Tim Maia? "Paixao antiga sempre mexe c a gente, é tão difícil esquecer..." rs rs rs Então, é assim c ele e váááários outros gatinhos antigos. Se fosse só c ele ficaria preocupada sim ihihihihi.......

    Bia, o "figura" ta "POR ENQUANTO AINDA" no posto de "amigos", pois só assim consigo ver mais rapido quem ta on line. Pode deixar q se eu me estressar mais c ele, EXCLUO logo o idiotinha do meu msn kkkkkk Isso é, se eu tiver "coragem" de exclui-lo ne? Ai, danado de coração vadio do cacete rs rs rs
    E outra: fiquem tranquilos q nao prentendo manter nenhum tipo de contato virtual mais c o cidadão.

    Bia, "netiqueta" foi ótimo ahahahahah! Minha sugestão é: tudo bem cumprimentar se ele estiver on-line. Ms dê no MÍNIMO "intermináveis" 15 min p q ele "ache" q vc demorou p fazer o contato e principalmente p ele "achar" q ele nao tem prioridade alguma kkkkkkkkkk.

    bjos p todos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Mneves,q porra é XXX-RATED? Isso é algum código virtual? Ou é muita ignorância da minha parte? Juro q não sei o q é? Imagino o q possa ser, claro... ;)

    Abs galera!

    ResponderExcluir
  15. Catarina, saiba q vc não está sozinha neste mundo...virtual!

    Eu tb nao sei como lidar c essa vida internética.

    Sabe o q me peguei fazendo hj? (Quem diria q o computador ia fzer a gente chegar a esse ponto ridículo huahuahuahua????) Sempre entro como "ocupado" p só falar c quem eu quiser...ms hj, qnd vi meu "casinho" como "online" (ele tb sempre entra como "ocupado"), tratei de mudar logo meu status p online só p ver se ele ia falar (teclar ne? rs rs) comigo... Q ridículo ne? Fazendo "joguinho" no mundo virtual ahahahahha... E o q aconteceu? O "zé-mané" nao mandou nem um "oi" p mim...muito menos eu p ele! Ms gostei de "imaginar" (pq nesse mundo virtual nunca sabemos o q acontece "do outro lado" não é?)q ele viu q eu estava on-line e nem falei c ele...rs rs rs

    Nossa, o que a tal da internet ta fazendo conosco seres humanos? eu hein........

    Valeu gente! bjos

    ResponderExcluir
  16. Meninas!

    Estou chegando a conclusão que estamos surtadas!! Será que é o mundo moderno, e nossas milhões de responsabilidades ou nossas mães pensavam todas essas maluquices e não tinham um canal pra extrapolar? Esse negócio do MSN é realmente uma viagem! Mas já me peguei fazendo algo parecido com meu namorado quando estava aborrecida, algo do tipo "vamos ver quem vai ceder primeiro!" Mas isso não é legal, destroi o relacionamento. Eu, realmente não gosto desses joguinhos, online ou offline! Isso estressa demais e deixa a nossa cabeça pertubada e ocupada com questões que deveriam estar na pasta de lixo de nosso computador pessoal, o cérebro!

    Vamos tentar transmutar esses pensamentos..pensem na luz violeta de Saint Germam!! Cantem em bom som o OOOOOOOMMMMMMMMM!!!!!!!!!!


    Eu ando muito zen, será que é pq pintei o meu quarto todo de violeta, e só uso lençois e edredom de florzinha rosa? hehehehehehehehe!

    Empresto minhas lentes pinks pra vcs! Bjoooooooooossss

    ResponderExcluir
  17. Isadora, minha queridona, XXX-Rated é uma classificação para filmes pornôs pesadíssimos....tenho certeza que vc sabe sim do que se trata.....rsssssss

    ResponderExcluir
  18. Nooosssa!!!! Tá rolando um affair! ;-)

    ResponderExcluir
  19. Muito foi falado, muito foi escrito mas onde estão os tais detalhes sórdidos e concupcientes?

    ResponderExcluir
  20. Gente, vcs estão falando de msn, mas tem coisa pior que orkut? Lá em casa já rolou o maior barraco por causa de uma ex dele que ele não vê há mais de 15 anos, mas que entrava no orkut dele todo dia (não vejo problema nenhum em entrar, mas todo dia é demais!!!!!). Na verdade ele nem gosta de orkut e até fechou a conta para evitar brigas. Depois de um tempo ele resolveu fazer outro, nós conversamos e na boa? Estou como a Sumeriana, muito zen! Não vou mais me estressar por causa disso (OOOOOMMMMM). Stress desgasta o relacionamento, além de dar rugas e cabelos brancos. E eu quero estar ótima aos 40, 50...

    Bjos

    ResponderExcluir